Um pai também muda fraldas

Nunca percebi porque é que há homens que não trocam fraldas e há mulheres que não os deixam fazê-lo. Hoje, que é dia do Pai, celebro a atual liberdade masculina que me permitiu mudar fraldas, dar banho, secar rabos, fazer de vaca e de gato, cantar músicas de embalar, dançar a Dança das Gatinhas, pentearContinue a ler “Um pai também muda fraldas”

Quando um pai dá sopa aos filhos ao pequeno-almoço

Abro os estores e deixo o sol de verão inundar o quarto. Sento-me na borda de uma das camas das crianças, escolho um livro, abro-o e começo a ler uma história. Meio estremunhadas, meio excitadas, elas levantam-se e desejam-me boa noite. O Odranoel é o primeiro a vestir-se: t-shirt do avesso com a etiqueta viradaContinue a ler “Quando um pai dá sopa aos filhos ao pequeno-almoço”