Carta ao meu filho adolescente

O nosso filho mais velho entrou oficialmente na adolescência!

Por estarmos em confinamento, este ano não foi possível organizar uma festa com os seus amigos. Sinto a tristeza da ausência desse momento. As festas de aniversário dos nossos filhos são sempre momentos especiais em que podemos contemplar a vida que habita neles: como é para eles receber os amigos em casa; como são as pessoas de quem eles gostam; como é subirem a colina da animação e depois descerem a encosta da despedida.

Sem nos podermos juntar, optámos por desafiar as pessoas importantes na sua vida a filmarem uma pequena mensagem que depois a irmã compôs num pequeno filme para lhe apresentarmos à noitinha. Vê-lo emocionado a sentir o amor que o rodeia comoveu-me. Senti, naquele momento, que ao longo destes treze anos, apesar de todas as asneiras que fizemos na sua educação, lhe tínhamos sido capazes de ensinar a coisa mais preciosa de todas: o valor da amizade.

Sabemos que a adolescência será um tempo de construção da sua autonomia, no qual nós não estaremos tão presentes. Por isso, decidimos escrever-lhe uma carta, que com a autorização dele, fica aqui publicada para a posteridade.

Que estas palavras nos possam a todos ajudar a lidar da melhor forma possível com os desafios de ter filhos adolescentes.


“Querido filho,

Hoje é o dia que marca a entrada numa fase muito importante da tua vida, a adolescência.
Estás entusiasmado? Nós, os teus pais, estamos muito felizes e queremos ajudar-te a viveres este período da melhor forma possível.

Sabes, a adolescência é uma espécie de floresta misteriosa. Se te disserem que existe uma estrada para a atravessar, não acredites. Existem imensos trilhos e muitos deles não estão marcados. Atravessar a adolescência pela estrada conhecida é perder a oportunidade de explorar um mundo cheio de perigos, mistérios e tesouros. Por isso o nosso convite é que olhes para a adolescência como uma aventura.

Esta aventura vai ser diferente de todas as outras que já viveste até agora, e tu já viveste muitas. Nesta aventura vais começar a experimentar o que é isso da vida adulta, a importância de seres responsável, de cuidares de ti e de encontrares o equilíbrio entre o Presente e o Futuro. Nesta aventura o teu corpo vai transformar-se, as tuas emoções vão expandir-se e o teu pensamento vai tornar-se sofisticado. Por vezes vais sentir que és mais inteligente do que nós (e por vezes vai ser verdade). Não te deixes que isso te suba à cabeça e escuta sempre a sabedoria que vem da experiência de quem já andou perdido na floresta. Escuta e aprenderás quais são as bagas venenosa, como é que se encontra água fresca e quais são as melhores sombras onde repousar.

Temos feito o melhor que sabemos para te preparar para a adolescência. Sabemos que vêm aí muitos momentos em que não vamos estar ao teu lado para te aconselhar sobre qual o melhor trilho a tomar. Nesses momentos esperamos que a sabedoria que tu próprio tens desenvolvido seja suficiente para escolheres e aprenderes com as tuas escolhas. Ainda assim queremos aproveitar este momento para te oferecer alguns conselhos que te ajudem a equipares-te o melhor possível para a tua grande aventura:

  • Rodeia-te de amigos que gostem genuinamente de ti. Os amigos verdadeiros nunca te vão cobrar por seres como és, nem te vão forçar a fazer algo que vá contra aquilo em que tu acreditas.
  • Continua a ler e procura por livros com personagens profundas e reais. Os livros vão ajudar-te a lidar com o que sentes e a compreender o mundo.
  • Nunca te esqueças que nós somos um porto seguro, ao qual podes sempre regressar para cuidar das tuas feridas e recompores-te para mais uma viagem.

Temos muito orgulho na pessoa em que te estás a tornar. Continua a rir, a ser carinhoso e a olhar para o mundo com curiosidade. Vais ver que a vida te vai sorrir de volta.

Muitos parabéns pelos teus 13 anos. “


Aprendi que não há receitas para a arte de ser Pai, mas acredito que a partilha da minha experiência pode ajudar outros pais a lidarem com os sentimentos de culpa, exaustão e raiva que facilmente se inflitram na vida familiar. Por isso escrevi o livro Tornar-me Pai.

12 opiniões sobre “Carta ao meu filho adolescente

  1. Olá Rodrigo gostei muito.
    Tem um discurso fantástico.
    Como eu gostava de conseguir escrever assim

    Apesar de nem sempre vir ao seu blog .
    Gosto muito.
    Gostava muito de ter a sua coragem.
    Queria escrever um livro mas não tenho coragem para isso.
    Continue.

    Gostar

    1. Olá Ana. Obrigado pelas palavras. Uma das coisas importantes que eu tenho descoberto nesta montanha-russa que é escrever um romance, é que para lá de todas as emoções que vão aparecendo (da euforia à disforia), o importante é continuar a escrever. Não há outra forma. Escrever, escrever, escrever e ir recebendo com curiosidade tudo o que surge, incuindo o Sindroma do Impostor.
      Abraço
      Rodrigo

      Gostar

  2. Saudades destas reflexões. Lembro-me bem da adolescência dos meus filhos ha mais de 10 anos atrás. Dizer aos filhos que devem viver a sua adolescência como uma aventura é um acto de coragem e que serão sempre um porto de abrigo é uma cto de coragem e de sabedoria. Parabéns!

    Gostar

  3. Parabéns Rodrigo por este texto tão profundo e ao mesmo tempo tão leve como uma aventura. Gostei da analogia da floresta misteriosa com inúmeros trilhos por desvendar. Que seja uma grande aventura para o teu filho e para ti.
    Abraço

    Gostar

  4. Muito bem meu caro Rodrigo. Esta carta é da maior oportunidade e também faz bem a pais, avós e bisavós. Que me seja permitido salientar:
    “Continua a ler e procura por livros com personagens profundas e reais. “Os livros vão ajudar-te a lidar com o que sentes e a compreender o mundo.
    Nunca te esqueças que nós somos um porto seguro, ao qual podes sempre regressar para cuidar das tuas feridas e recompores-te para mais uma viagem.
    Aprendi que não há receitas para a arte de ser Pai, mas acredito que a partilha da minha experiência pode ajudar outros pais a lidarem com os sentimentos de culpa, exaustão e raiva que facilmente se infiltram na vida familiar.”
    OBRIGADO, por teres regressado aos teus sábios pontos de vista. Um abraço da maior consideração.
    CONTINUA.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: